5 ensinamentos imperdíveis de Marie Curie para nossa geração
Não importa qual seja o seu trabalho: a sabedoria e a importância de Marie Curie
para o conhecimento como um todo têm tudo para revolucionar a forma como você atua. 
 
 
Marie Curie nasceu em Varsóvia em 1867. Ela se tornou famosa ao ser pioneira em pesquisas relacionadas a radioatividade, termo criado por ela. Ela foi a primeira mulher a ganhar o Prêmio Nobel (e também a única a ganhá-lo duas vezes). Além de ser uma personalidade de extrema importância para a Ciência, Marie Curie também oferece ensinamentos indispensáveis para nós, hoje em dia.
 
Veja abaixo 5 ensinamentos imperdíveis de Marie Curie para nossa geração:
 
1. Não dê atenção aos haters
Na época de Marie Curie não existia internet nem redes sociais, mas os trolls e haters já atuavam em grandes números, especialmente para cima dela. Ela era vítima de todo tipo de fofoca e essas histórias se espalhavam com o objetivo de diminuir a credibilidade do trabalho dela. A sociedade não entendia como uma mulher conseguia atuar neste âmbito, afinal.
 
Em 1911, Albert Einstein escreveu uma carta a Marie Curie onde se mostrava estarrecido com a forma como o público e a mídia a tratavam. Sempre que jornalistas indiscretos tentavam forçá-la a falar sobre assuntos além de ciência, Curie rebatia: “Sejam menos curiosos sobre pessoas e mais sobre ideias”, dizia. Busque separar a sua pessoa do seu trabalho e ignore aqueles que criticam apenas por criticar. 
 
2. Documente tudo
 
Marie Curie manteve durante toda a sua vida uma série de anotações em diários científicos muito bem detalhados. Além disso, preocupava-se em deixá-los bem organizados e fáceis de consultar. Ela também registrava informações sobre sua família, criando uma ótima documentação do seu cotidiano. Aliás, algumas das anotações de Curie permanecem radioativas até hoje!
 
Não importa a sua área de atuação: você precisa documentar tudo de forma organizada. Sempre surge um momento em que é preciso consultar informações relacionadas ao trabalho ou passá-la para alguém novo. Faça como Curie: certifique-se de que estas anotações são bem organizadas e perdurem pelo máximo de tempo.
 
3. Não viva de passado
 
Todos nós vivemos para obtermos cada vez mais conquistas importantes. E devemos sempre caminhar e voltar nossa atenção para frente. A filosofia de Marie Curie era bem assim, com foco total não no que já foi feito, mas sim no que ainda falta fazer. Em um de seus diários era possível ver a frase: “Ninguém nunca presta atenção no que foi feito, e sim no que ainda se precisa fazer”.
 
É claro que isso não significa que devemos ignorar completamente os nossos feitos. Curie queria dizer que devemos passar menos tempo focando no que foi feito e sempre permanecer olhando para o futuro.
 
4. Inspire os outros
 
Ao longo de sua vida, Marie Curie não só trouxe diversas contribuições para a Ciência como também fez questão de inspirar a todos ao seu redor a fazê-lo. Ela incentivou a filha Irene a estudar a área e ela acabou seguindo carreira como cientista nuclear, chegando a ganhar um Prêmio Nobel em 1935.
 
Ainda hoje, Marie Curie pode servir de inspiração para todas que querem seguir carreira no universo científico e talvez não se sintam estimuladas pela sociedade a fazê-lo. Paralelamente, olhe para o seu próprio trabalho e encontre formas de torná-lo uma inspiração para as gerações futuras.
 
5. Tenha apetite por aprender
 
Marie Curie se interessou por uma área de estudos nada comum para mulheres de sua época. E precisou se esforçar bastante para ser levada a sério e conseguir estudar. Ela acabou tendo que trabalhar como governanta em uma casa e arrumar tempo para estudar enquanto isso, até conseguir entrar para a universidade. Ela se formou em Matemática e Física em Paris.
 
Fonte: PenseTIP


Postado em 27/08/2015


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé