Tema da redação foi a melhor parte do Enem 2015, dizem professores
Prova de Matemática apresentou maior complexidade, enquanto Linguagens esteve dentro do esperado
 
por Ana Lourenço
 
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 terminou neste domingo (25). Contando com 5h30 de duração, os candidatos realizaram provas de Linguagens e Códigos, Matemática e Redação. Segundo os professores ouvidos pelo GUIA, o tema da prova de redação, “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, foi a melhor parte da prova deste ano.
 
“O tema é bom, muito pertinente e a coletânea estava repleta de dados. Como o tema vem sendo muito discutido no último ano, acaba sendo fácil para os alunos, mas isso pode significar que muitos estudantes tenham caído no clichê na hora de elaborar os argumentos”, diz Célio Tasinafo, diretor pedagógico do cursinho Oficina do Estudante.
 
Para o supervisor de Português e Redação do Anglo Vestibulares, Eduardo Calbucci, foi essencial tocar na questão da violência contra a mulher. “É impossível um estudante que está se preparando para o vestibular não ter tido contato com esse tema. É de grande importância o debate e acho que o aluno que não tenha defendido uma posição clara de combate a essa violência não está preparado para a universidade”, explica o professor.
 
A prova de Matemática foi “a mais bem contextualizada dos últimos tempos”, de acordo com Célio. “Todas as questões tinham temas muito próximos do cotidiano, e isso é uma tendência que pode pautar as aulas de Matemática para os próximos anos, trazendo a disciplina para o dia a dia dos alunos”, diz.
 
O professor de Matemática do Anglo Vestibulares, Thiago Dutra, comenta que a prova está cada vez mais próxima dos vestibulares tradicionais. “Os textos estão maiores, exigindo mais interpretação para coleta de dados. Além disso, as contas estão difíceis, numericamente trabalhosas, exigindo assuntos mais técnicos como logaritmo e funções trigonométricas”, explica.
 
Já a prova de Linguagens não apresentou nenhuma novidade. “O modelo da prova de Linguagens, com longos textos e muita interpretação, já é consolidado, o que é uma vantagem para os alunos, que sabem o que esperar”, comenta Calbucci. Além disso, a prova é bastante diversificada, contando com textos que vão desde os de divulgação científica até os de vanguarda literária. “A maior dificuldade do aluno é fazer a prova até o final, por ter textos muitos compridos. Mas o estudante que conseguir driblar essa dificuldade, vai bem”, diz Célio.
 
Os gabaritos oficiais das provas serão divulgados até quarta-feira (28), no site do Enem, conforme prevê o edital do exame.
 


Postado em 26/10/2015


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé