Deixar de dormir para passar mais horas estudando prejudica o desempenho do aluno, diz estudo
Pesquisador recomenda que estudantes administrem melhor o tempo para não perderem horas de sono
 
da redação 
 
Você costuma virar noites estudando para o vestibular? Pesquisadores da Universidade da Califórnia (UCLA), em Los Angeles, nos Estados Unidos, têm uma má notícia para te dar. De acordo com um estudo feito com 535 estudantes de três séries diferentes do Ensino Médio, deixar de dormir à noite para estudar piora o desempenho acadêmico.
 
A pesquisa foi realizada pelo Instituto de Neurociência e Comportamento Humano da UCLA, que recrutou alunos de três escolas diferentes em Los Angeles para verificar o que acontecia quando eles estudavam além do normal, usando as horas que costumavam destinar ao sono.
 
Depois de aplicar questionários durante duas semanas, a equipe descobriu que, independente da quantidade de horas que cada um normalmente gastava para estudar, sempre que os alunos desistiam de dormir para ficarem mais tempo estudando, eles apresentavam problemas para compreender o conteúdo lecionado no dia seguinte e precisavam se esforçar mais para fazer uma prova, justamente o oposto do que era esperado.
 
Para resolver o problema e conseguir mais horas de estudo sem comprometer o sono, o líder da pesquisa, Andrew Fuligni, sugere que o aluno distribua melhor seu tempo durante a semana e corte atividades menos essenciais, como assistir TV ou sair com os amigos.
 
O estudo, publicado na revista Child Development, no entanto, não diz que o jovem deva passar menos tempo estudando, mas sim que os que frequentemente desistem de dormir para estudar além da conta apresentarão problemas acadêmicos no futuro. 
 


Postado em 07/12/2015


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé