Como cuidar da sua ecobag, presente do Dia das Mães do Colégio Notre Dame

Veja que precauções tomar para evitar a contaminação dos alimentos
por Marcela Bourroul

Em abril, lei que proíbe a distribuição das sacolas plásticas em supermercados entrou em vigor em São Paulo, fazendo com que as ecobags chegassem para ficar. Além de práticas, são ecologicamente corretas. Mas também pouco higiênicas, se você não cuidar bem delas. Isso porque, ao contrário das sacolinhas plásticas, são utilizadas muitas vezes, passam por diversos lugares e não raro ficam guardadas em locais pouco arejados, como o carro ou o armário da despensa. 
 
Para piorar, quem é que se lembra de limpar as sacolas vez ou outra? O resultado da falta de higiene, como alguns estudos já mostraram, é o surgimento de bactérias, como salmonella e coliformes fecais, que podem contaminar os alimentos e causar vômito, diarreia, febre e, em casos mais graves, até pequenas hemorragias. Para evitar contratempos com a saúde da sua família, veja quais cuidados tomar: 
 
Mantenha a ecobag seca 
 
Cuidado para não deixar sua sacola úmida. Por exemplo, se você comprar congelados e dobrá-la logo em seguida, a chance de isso acontecer é grande. Deixe ela tomar um ar antes de ir para o armário. 
 
Atenção para os restos de alimentos
 
Usou a sacola para comprar iogurte e o pote vazou? Limpe-a antes de usá-la novamente. Restos de alimentos podem criar bolor e contaminar sua sacola. 
 
Limpe a ecobag com frequência e armazene em local arejado
 
Tenha pelo menos duas sacolas reutilizáveis. O ideal é lavá-las uma vez por semana. A cada semana, você lava uma (com água e sabão e até um pouco de água sanitária, se preferir) enquanto usa a outra. Se você tem o hábito de deixar a ecobag no carro, coloque-a no banco e não se esqueça de retirá-la para a limpeza uma vez por semana. Por causa do calor, o porta-malas é o pior local para guardá-las. 
 
Lave os alimentos após retirá-los da sacola
 
Frutas, legumes e verduras, obviamente, precisam ser higienizados antes de consumidos. Se tiverem sido armazenados na ecobag sem embalagem, melhor lavá-los antes de guardar tudo na geladeira ou fruteira. 
 
Fonte: Jean Gorintchteyn, infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas (SP)
Publicado originalmente na Revista Crescer 


Postado em 01/06/2012


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé