Lanches práticos (e nutritivos!) pra crianças: dicas para facilitar
Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda que o cardápio da criança
seja composto por cinco a seis refeições diárias
 
por Beatriz Zogaib* 
 
Lanches são ótimas saídas pra balancear a alimentação da criança, já pensou nisso? Não é só dar algo pra matar a fome, mas pensar que essa brecha entre refeições maiores pode e deve ser uma aliada (nossa) para ajudar a entregar os nutrientes importantes na rotina alimentar dos nossos filhos! Por exemplo, entre 9 e 13 anos, a criança está na transição entre infância e adolescência (mas já? Pois é! kkk), fazendo com que suas necessidades de cálcio e ferro por dia aumentem – e aí, o lanche entra como aliado para também completar o que eles não atingiram durante as refeições principais.
 
Se você tem um filho nessa idade, deve saber que esse período é caracterizado por intensa atividade física e ritmo de crescimento constante (próximo ao estirão do crescimento), além da possível falta de interesse pelo prato – certo? O que talvez você e eu não lembremos sempre é que, por isso mesmo, é fundamental que a qualidade e a quantidade da alimentação sejam adequadas às necessidades diárias da criança. Então, além de estimular hábitos saudáveis, como a gente faz desde sempre, vale pensar em opções nutritivas para a idade…
 
A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda que o cardápio da criança deve ser composto por cinco a seis refeições diárias, incluindo café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e, se necessário, lanche da noite. Por isso, o lanche (na lancheira ou na mesa de casa durante as férias) deve ser composto de um líquido, uma fruta prática para consumir (gosto de dar para o Leo maçã, banana e uvas sem sementes), um tipo de carboidrato em quantidades adequadas e uma proteína – sempre variando pra despertar o interesse e estimular a alimentação diversificada e a boa oferta de nutrientes).
 
Lanches práticos para crianças
 
Não é difícil, vai? Mas, sim, eu sei: hoje em dia, a gente tem menos tempo disponível para o preparo e até para pensar no lanche!!! É comum achar que não dá pra equilibrar tudo, ainda mais um cardápio cheio de refeições e nutrientes… Mas dá sim! Foca numa palavra: PRATICIDADE. Ela é outra amiga das mães de crianças maiores, e “dá as mãos” para aquela outra que falei lá em cima: lanches! Pensando nisso, vou dar algumas dicas, ideais pra facilitar na hora de montar a lancheira pra escola ou para os passeios de férias:
 
  • Pensar na composição da lancheira com antecedência e deixar tudo preparado na noite anterior otimiza o tempo (sempre faço isso!). 
  • Congelar preparações feitas em casa, como pães e bolos sem recheio, pode facilitar e garantir a variedade, mesmo nos dias mais corridos.
  • Além dos sucos naturais, opções de bebidas nutritivas também são as polpas congeladas, para misturar com água direto na garrafinha térmica (minha amiga faz “chup chup” de suco de melancia e depois coloca o gelinho do saquinho na garrafa térmica. Pronto!
  • Dá pra contar com a segurança das bebidas embaladas, como água de coco, sucos 100% frutas e bebidas à base de soja. Para escolher dentre os muitos produtos disponíveis no mercado, vale a pena compará-los para verificar o que oferece perfil nutricional mais atrativo para atender às necessidades das crianças.
  • Deixe as frutas pré-lavadas (e picadas, se for o caso), na noite anterior, para ficar mais fácil de variar as frutas. Misturar grãos às que forem picadas (como aveia, linhaça e chia) também ajuda a ter sabores diferentes e ainda agregar mais nutrientes. 
  • Os alimentos de soja são opções que podem contribuir com o teor de cálcio e proteína da lancheira, principalmente porque a proteína da soja é considerada completa, com alto valor biológico. Aqui em casa sempre tem! 
Viu? Com um pouquinho de planejamento e escolhas práticas, a gente consegue!!! Concorda?
 


Postado em 25/07/2016


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé