Meu filho repetiu de ano, e agora?
Saiba o que fazer se o seu filho repetiu de ano na escola
 
Uma das maiores preocupações dos pais é fazer com que os filhos obtenham boas notas e avancem para a próxima série na escola, mas nem sempre isso acontece. Saiba como agir se o seu filho repetiu de ano e prepare-se para recomeçar!
 
Apesar de a notícia não ser agradável, tente pensar racionalmente a respeito. Antes de tomar qualquer decisão, é preciso saber o que levou o seu filho a repetir. Ele teve algum problema na escola? Foi dificuldade em estudar? Aconteceu aquele “deixa, depois eu consigo”? Faça essa análise juntamente com ele e tente encontrar motivos para que isso tenha ocorrido.
 
O primeiro instinto dos pais em casos assim é brigar com a criança, colocá-la de castigo e dizer que ela foi incapaz ou até mesmo “burra”, cuidado com essa postura! Você não deve agir como se estivesse tudo bem, mas também precisa ter cuidado com punições excessivas. Esse é o momento ideal para mostrar ao seu filho que determinadas ações geram consequências que podem não ser positivas. Converse com a criança, mostre que não aprova o que aconteceu, mas demonstre que você está ali para apoiá-la.
 
Muitas vezes os pais assumem que a repetência aconteceu por desleixo do aluno ou por falta de comprometimento, mas é importante estar atento para saber se isso não é apenas um sintoma de algo maior. Converse com professores e coordenadores, investigue se o seu filho não possui algum problema cognitivo ou transtorno como o de déficit de atenção (TDAH) e até mesmo depressão. O desempenho escolar em muitas das vezes é reflexo da saúde mental das crianças.
 
Sobre a repetência em si não há muito que possa ser feito, porém, é preciso analisar os próximos passos a serem dados e isso envolve a questão de mudar ou não de escola. Tenha uma conversa franca com o seu filho, saiba qual é o desejo dele e fale também com os professores. Nem sempre mudar de instituição é a melhor escolha. Não tome atitudes precipitadas.
 
Ver um filho repetir de ano não é fácil, mas pode ensinar muito tanto ao aluno quanto aos pais. Saiba repreender, ouvir e buscar soluções. Lembre-se que se você está frustrado com a situação, a criança está muito mais. Esse é o momento para apoiar. Analise as opções com calma, invista em muita conversa e prepare-se para um novo ano muito melhor.
 


Postado em 22/12/2016


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé