Quer fortalecer os laços de confiança com seu filho? Brinque com ele!
O aspecto mais importante do brincar é os filhos perceberem que são amados e que os pais se importam com eles
 
por Redação
 
É durante o brincar que os pais mais fortalecem os laços de confiança, pois quando estão brincando com seus filhos eles abrem as portas para o diálogo. “E nesse momento é possível saber quem é e o que sente a criança que está diante dos pais, mas não só isso, é no brincar que ela aprende a lidar com suas frustrações, ansiedades e conflitos. E por fim, talvez, o aspecto mais importante do brincar: os filhos percebem que são amados e que os pais se importam com eles”, diz Monica Pessanha, psicopedagoga e psicanalista infantil e de adolescentes.
 
 “Brincar com crianças não é perder tempo, é ganhá-lo.”
Carlos Drummond de Andrade
 
Brincadeiras para fortalecer os laços de confiança:
 
1- Cumprindo o Prometido
 
Passa anel: para as pessoas é fácil fazer promessas, porque elas têm boas intenções e estão certas de que vão cumpri-las. Com essa brincadeira tradicional também é possível ajudar a criança a cumprir as promessas simples e pouco a pouco cumprir as mais complexas.  No jogo, um participante se esconde enquanto um outro passa o anel. Quando o anel for achado, os pais podem sugerir uma tarefa de acordo com a idade e uma recompensa quando a tarefa for cumprida. O mais importe é intervir com palavras “você pode tentar”. Lembre-se que as crianças não esperam que as promessas não se cumpram, elas acreditam fortemente que o que foi prometido se realizará. Então usar “vou tentar” é bom para ensinar o senso da possibilidade e flexibilidade.
 
2- Diálogo
 
Amarelinha: Essa brincadeira tão tradicional pode ser uma ferramenta bem positiva para dialogar com as crianças. Após montarem uma amarelinha, cada participante deverá “pular a amarelinha até chegar ao “céu”. Lá chegando, deverá fazer uma pergunta para algum outro participante. A mãe pode perguntar por exemplo: ”notei que ontem você chegou um pouco triste, o que aconteceu?” Ou ”como você acha que podemos guardar os brinquedos?” Assim que a criança responder, vale reforçar o combinado. É bom lembrar que a criança terá o direito de perguntar também.
 
3- Briga entre irmãos
 
Soprando a pena: o objetivo é manter uma pena no ar, soprando-a, sem deixá-la cair no chão. Essa brincadeira desenvolve o conceito de companheirismo, cria um clima descontraído, evitando a competitividade e os conflitos.
 
4- Gratidão
 
Reunião: Cada participante deverá falar sobre uma situação em que necessitou de ajuda e da forma como a retribuiu ou agradeceu. Os participantes elaboraram uma lista com várias formas de agradecimento: beijo, carta, preparação de um lanche ou qualquer outra demonstração de carinho. Essa atividade pode ser feita com bola, como se fosse a brincadeira da batata-quente. Quando a batata parar será a vez do participante falar sobre gratidão.
 
5- Trabalhando a ansiedade
 
Pique esconde: uma brincadeira pra lá de divertida e que toda criança gosta de brincar. A criança quando se esconde quer ser achada, isso ajuda ela a trabalhar a ansiedade. Quando estão escondidas, ficam ansiosas, sem saberem ao certo se vão ser encontradas. Nesse pequeno espaço de tempo, elas são capazes de aprender a controlar a ansiedade. Então brinquem bastante!!
 
6- Aconchego
 
Dança com lençóis: esse é um momento gostoso para a criança. Com uma música relaxante ou que gostarem muito, comecem a dançar e a envolver a criança com o lençol, soltando em alguns momentos, enrolando em outros. Depois de alguns minutos sente e coloque a criança no colo, envolvendo-se (mãe ou pai e criança) com o lençol. Esse momento relaxante é uma ótima oportunidade para os pais falarem o quanto amam o filho, suas expectativas, compartilhar momentos que foram significativos para eles, ou simplesmente ficarem quietinhos se olhando.
 


Postado em 21/03/2017


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé