Quais são os maiores desafios para educar os filhos?
A médica antroposófica Ana Paula Cury explica que a primeira mudança precisa partir de nós,
pais e educadores. Temos que realizar a autoeducação
 
Quando um pai ou uma mãe juntos resolvem ter filhos, geralmente não fazem ideia da “aventura” em que vão embarcar. Aventura porque tudo é novo, surpreende e, em alguns casos - talvez mais no começo, com o choque inicial de mudança de vida - assuste. Mas, se sentarmos para conversar com todos eles, acredito que a grande maioria jamais se arrependerá: ser pai e mãe é gratificante. Filhos fazem de qualquer pessoa seres humanos melhores, porque nos colocam na posição do servir, quando estávamos sempre mais acostumados a receber… não é verdade? tem exercício mais perfeito de amor? se tem, ainda é desconhecido!
 
Mas, para ser bom pai, mãe ou até mesmo educador, é necessário muito aprendizado. Uma constante auto observação, para saber se o caminho traçado é o correto, se os resultados vão levar ao que pretendemos. E é essa autoanálise a proposta da médica antroposófica Ana Paula Cury.
 
Educar, segundo ela, é “conduzir para fora de”, é criar o ambiente propício para que a criança desenvolva ou coloque pra fora o que já tem predisposição nessa vida. Um talento, dom, uma faceta da personalidade… ela precisa se sentir à vontade e aceita para externalizar. E isso, é claro, passa por um ambiente criado por quem precisa educá-la. 
 
“Precisamos nos auto educar. Criar o ninho. Mas, para isso, nós temos que, primeiramente, nos sentirmos nutridos. O mundo hoje tem valorizado mais o ter do que o ser… sucesso está sendo medido pelo salário. Temos que sair dessa postura reativa para a proativa e conseguirmos maior domínio sobre nós. Somente assim conseguiremos transformar o ambiente para que as crianças tenham uma boa referência de humanidade”, explica.
 
E existem formas de começar a mudança? sim, claro! Confira alguns trechos de pensamentos da própria Ana Paula Cury que vocês podem usar para reflexão:
  • Filhos são nossas maiores motivações para crescermos e sermos seres humanos melhores. Observemos nossos filhos e a nós mesmos, nos perguntando se estamos sendo para eles o exemplo que queremos que eles sigam… se a resposta for não, algo pode ser melhorado!
  • Filhos nos elegem já antes de nascerem e procuram em nós algo que tenhamos a oferecer. Temos que nos sentir como pessoas que carregam algo sagrado, uma vida que se desenrola e a qual temos que orientar.
  • Proteção. Ao invés de interferir no desenvolvimento dos filhos, temos que, antes, observar o que eles nos sinalizam.
  • Filhos são presentes da vida que vêm pra nós. Eles nos talham, são nossos mestres, mais do que nossos aprendizes. Por isso eles nos elegeram para pais!
 
 


Postado em 23/10/2018


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé