Como encontrar tempo para tudo?

Estratégias e dicas para organizar seu dia e passar mais tempo com seus filhos
 
por Iana Chan
 
Conciliar trabalho e vida pessoal já é um desafio e tanto. Se incluirmos filhos nessa equação, elevamos o problema à décima potência. Muitas vezes o urgente toma lugar do que é importante e deixamos de cumprir várias atividades que fazem toda a diferença na vida das crianças. Quando os pais participam da vida escolar dos filhos, as notas aumentam em torno de 20% e cada ano a mais de estudo. Isso significa um salário 15% maior na idade adulta! Os dados são do Centro de Políticas Públicas do Insper.
 
Acompanhar de verdade a vida escolar dos filhos não é uma tarefa fácil: ir a reuniões, ajudar a estudar, ajudar na lição, nas provas, conversar sobre a escola, com os professores, conferir o boletim, levar para passeios culturais, ler com eles, brincar e passar mais tempo, mesmo, apenas para curtir a companhia um do outro... Motivos para participar não faltam, nem vontade! O problema sempre é a falta de tempo... Será mesmo? 
 
Em entrevista ao EDUCAR PARA CRESCER, Christian Barbosa, especialista em gerenciamento de tempo, autor de "A Tríade do Tempo" (Editora Sextante), mostrou que "não ter tempo" é uma desculpa que não faz sentido. "Tempo a gente tem, o problema é o uso que a gente faz desse tempo", afirma. Na conversa, ele apresentou alguns caminhos para encontrarmos mais tempo na nossa agenda, fazer aquilo que realmente importa e dar adeus para a culpa! Confira suas dicas e estratégias para encontrar mais tempo para as crianças e organizar sua rotina:
 
Qual é o segredo para achar tempo?
Christian Barbosa: Costumo dizer que tempo a gente tem, o problema é o uso que se faz dele. Precisamos parar para pensar onde estamos desperdiçando nosso dia. Uma pesquisa para a Você S/A de 2011 mostrou que 80% dos brasileiros enrolam de 30 minutos a 3 horas por dia durante expediente. Essa má gestão de tempo no trabalho acaba influenciando no final de semana. 
 
Somos acostumados, desde a infância, a fazer tudo de última hora e isso se torna um padrão. Por exemplo, a família vai viajar de férias em um voo às dez horas. Às nove horas, está tudo mundo correndo em casa...
 
Como mudar o hábito de deixar tudo para última hora?
Christian: O segredo para se organizar é modificar o modelo mental, a forma como seu cérebro reage às tarefas. Mas isso só acontece quando damos argumentos para o cérebro mudar. O primeiro passo, então, é diagnosticar o problema. 
 
Se eu tenho uma dor, vou ao médico para procurar um remédio; mas na gestão do tempo, as pessoas têm apenas a sensação de que falta tempo, porém não identificam claramente onde está o problema, então elas não fazem nada para mudar. Quem tem problema de dinheiro sente isso na pele: o cartão está bloqueado, as contas atrasadas. Mas com o fator tempo, isso não acontece, não há um indicador que mostre o problema.
 
Quais são os passos para organizar melhor o tempo?
Christian: Se o tempo no trabalho está melhor organizado, você evita uma série de problemas de saúde, como o estresse e há mais energia para ficar com filhos. Existem três passos importantes para fazer isso: 
 
1. Classificar o tempo e as tarefas 
As pessoas precisam saber separar o que é urgente (deve ser feito com rapidez e exige atenção instantânea), o que é importante (produz resultado e merece atenção especial, sem exigir pressa) e o que é circunstancial (atividades menos importantes, que não fazem diferença no seu dia a dia). Se a pessoa classifica suas atividades e percebe que 70% da sua semana está preenchido com atividades urgentes, ela entende que algo está errado. 
 
A pessoa que não classifica suas tarefas acaba fazendo tudo, porque não tem consciência daquilo que traz resultado. Mais importante do que saber o que fazer é parar de fazer aquilo que não traz resultados. 
 
2. Usar alguma ferramenta para registrar as tarefas 
Pode ser um caderno, uma agenda ou até um aplicativo. Essas ferramentas centralizam tudo que precisamos fazer e evitam que o foco se perca. É um erro anotar as tarefas em vários lugares: mandando e-mail para si mesmo, na agenda, no post-it... Isso faz com que atividades importantes sejam esquecidas. 
 
3. Planejar a semana 
Com clareza do que precisa ser feito e priorização daquilo que é importante, é preciso planejar. E seguir o planejamento. Algumas pessoas se planejam para três dias. Isso é errado. O planejamento semanal dá mais flexibilidade para encaixar necessidades urgentes. O ideal é reservar 30% do tempo para imprevistos. Antecipar-se também é importante. Isso diminui a chance de algo se tornar urgente.
 
Como ter mais tempo para os filhos?
Christian: Organizando melhor seu tempo no trabalho. Não tem jeito. A sensação de que não tem tempo para nada começa a aumentar quando você deixa de dedicar tempo para o que é importante para você: a família, os filhos e os amigos. 
 
É também uma questão de saber estabelecer prioridades. Em alguns casos, os pais precisam reservar espaços na agenda para estarem com seus filhos. Se eles esperarem que isso aconteça espontaneamente e estar com o filho for uma opção para quando a agenda permitir, isso não vai acontecer. É importante estabelecer esses momentos.
 
Como aumentar a qualidade do tempo que passa com filho?
Christian: Quando estão em casa, muitas crianças têm a percepção de que os pais não estão presentes ou porque não estão juntos ou porque estão com a cabeça em outro lugar. A melhor estratégia para aumentar a qualidade do tempo com as crianças é estar bem, ter energia e disposição. E para isso, os pais devem, além de gerenciar melhor o tempo no trabalho, isolar algumas coisas. Se no fim de semana, começo a ver meus e-mails, não consigo estar presente com meu filho. Precisamos entender que o trabalho nunca termina, é ilimitado, mas nós temos limites. Aprender a limitar seu trabalho é importantíssimo. O mundo não vai acabar! Se for urgente, as pessoas vão ligar. Os pais devem aprender a priorizar: "agora é o tempo do meu filho!".
 
Como lidar com o sentimento de frustração e culpa por não estar fazendo tudo quando deveria?
Christian: O pior é tentar compensar financeiramente ou com presentes. O ideal é recompensar com tempo. No final de semana, passe o dia com a criança. Diga a ela para escolher um programa e trate isso como prioridade... O tempo cura tudo, até culpa.
 
 


Postado em 29/04/2013


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé