Confira dez dicas para os pais ajudarem os filhos na lição de casa
A Secretaria da Educação do Estado elaborou um manual especial, com dez dicas práticas para estimular os pais a participarem da vida escolar dos filhos na hora da lição de casa, parte fundamental do processo de aprendizagem dos alunos.
 
Para isso, a especialista Sonia Jorge, da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica, listou as orientações mais importantes para que os pais saibam o que fazer quando, por exemplo, não sabem responder às dúvidas referentes ao conteúdo escolar trazidas pelos meninos e meninas. Além disso, há sugestões sobre como ajudar crianças e adolescentes a distribuírem o tempo e usarem as tecnologias no dever de casa.
 
"A hora da lição de casa pode ser aproveitada para que os pais fiquem ainda mais próximos dos filhos. É um momento que auxilia tanto os alunos quanto a família. Quando o pai é participativo o reflexo é direto no processo de aprendizagem da criança. É também uma oportunidade para o adulto rever o que aprendeu e ter acesso a novos conhecimentos", afirma a coordenadora.
 
Além da lição de casa, outra forma de participar é frequentar as reuniões de pais e mestres e as atividades promovidas pela escola. 
 
Confira abaixo as dicas para participar da hora da lição de casa:
 
1) Mantenha um canal de comunicação constante com a escola de seu filho, buscando saber com o professor sobre qual o tipo, a quantidade e o agendamento das tarefas de casa;
 
2) Troque ideias com seu filho, fazendo perguntas para ajudá-lo. Nunca apague os erros e dê a resposta certa. Lembre-se que a correção é papel do professor, que sabe fazê-la de forma construtiva;
 
3) Incentive a criança a sempre tentar de novo, a ler com atenção e refazer aquele exercício que parece muito difícil. Faz parte do processo de aprendizagem as várias tentativas e o erro;
 
4) Não sabe responder às dúvidas de seus filhos? Não é o fim do mundo! Para não correr o risco de errar e comprometer o aprendizado da criança, o melhor é reconhecer que não sabe a resposta e orientar o estudante a levar a dúvida para o educador;
 
5) Toda ajuda é sempre bem-vinda, mas alguns pais, por boa vontade ou falta de orientação, acabam fazendo o trabalho dos filhos. Em vez de fazer as tarefas por ele, estimule a parceria e incentive-o a assumir responsabilidades e a conquistar autonomia;
 
6) O melhor horário para fazer a lição é diferente para cada criança. Estabeleça um período fixo (manhã ou tarde), respeite o tempo de descanso e os intervalos das refeições. As atividades escolares exigem disciplina e concentração. E reserve um tempo para estar presente durante as tarefas;
 
7) Em uma casa, é difícil estabelecer a lei do silêncio. De qualquer forma, na hora da lição, reserve um espaço com pouca movimentação e sem interferências externas, como barulhos de televisão ou rádio;
 
8) Na sala de aula, cada aluno tem direito a uma carteira. Em casa, não deve ser diferente. Separe um cantinho para seu filho que tenha um apoio plano, como a escrivaninha do quarto, mesa da sala ou da cozinha, onde você possa ficar ao lado dele durante alguns momentos da tarefa;
 
9) A tecnologia é parceira da educação. Mas é preciso saber a hora de utilizá-la. Se o livro ainda é o principal material didático do seu filho, deixe o computador e o tablet para depois das tarefas. Outra dica é perguntar nas escolas quais sites podem ser consultados para fazer pesquisas para os trabalhos e tarefas de casa;
 
10) O processo de aprendizagem varia de criança para criança. Fazer comparações ou estabelecer metas inatingíveis são atitudes prejudiciais. Reconheça os limites de seu filho e sempre o encoraje a melhorar.
 
Fonte: A Tribuna On-line


Postado em 12/08/2013


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé