Na caixa de Pandora, notícias boas e ruins
No Colégio Notre Dame, em São Vicente, reportagens de A Tribuna
auxiliam o aprendizado de alunos em atividades sobre Mitologia
 
Autor: Da Redação 
 
No mito grego da criação da primeira mulher, Zeus entregou à Pandora uma caixa, recomendando que ela jamais fosse aberta, pois o artefato continha um arsenal de desgraças para o homem, como a discórdia, a guerra e todas as doenças do corpo e da mente. Mas no meio de tantas coisas ruins, havia um dom: a esperança.
 
E foi durante os estudos dos mitos gregos que a professora de Língua Portuguesa Rosemary Villarinho, do Colégio Notre Dame, em São Vicente, usou reportagens de A Tribuna em uma atividade diferente para que os estudantes do sétimo ano fixassem o conteúdo aprendido.
 
“Os alunos comentaram sobre as desgraças e sugeriram que nós podíamos fazer uma ´Caixa de Pandora´. Pedi a eles que trouxessem notícias boas ou ruins para a próxima aula”, diz Rosemary.
 
No dia seguinte, no pátio da escola, eles começaram a selecionar as notícias. “Enquanto eles recortavam, li um texto que falava sobre todos os males da atualidade. Ao terminar a leitura, perguntei aos alunos quem era a ´Esperança´ nos dias de hoje. Eles refletiram e responderam que ´eles´ - as pessoas que desejam o bem - são a ´Esperança´".
 
A partir daí, começaram a recortar notícias boas, sobre praticar o bem e a solidariedade. Em seguida, decoraram duas caixas, sendo que uma delas tratava especificamente da preservação do planeta e nela colocaram as notícias recortadas e a fecharam.
 
“No dia seguinte, dois alunos foram para frente da sala e começaram a retirar as notícias ruins, comentando cada uma. Finalmente retiraram as notícias boas. Falavam sobre o que muitas pessoas fazem para ajudar o próximo e o que eles poderiam, ou melhor, podem fazer. Através do jornal, os alunos puderam se informar e refletir sobre a realidade em que vivemos e como cada um pode ser um agente transformador do mundo”, explica a educadora.
 
Os pais também participaram da atividade. “Foram colaboradores da coleta do material para o trabalho e também se conscientizaram sobre quanto os filhos, ainda pré-adolescentes, estão preocupados com o que está acontecendo e como cada um faz a sua parte”, finaliza.
 
Fonte: Jornal Escola e Comunidade - Jornal A Tribuna - Publicado em 09 de setembro de 2013.  


Postado em 11/09/2013


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé