Confira algumas razões para fazer BEM o Enem
Para quem fez a inscrição em maio e vem estudando o ano todo para os vestibulares e o Enem, está chegando o grande momento das provas, que acontecem nos dias 26 e 27 de outubro. 
 
Todos sabem da importância do resultado no ENEM e o trabalho desenvolvido desde o Ensino Fundamental e ao longo do Ensino Médio é a base para o alcance de bons resultados. Nos últimos anos o ENEM passou a ser cada vez mais importante para os alunos de nossa escola e, por isso, estamos fazendo uma forte campanha de incentivo da participação de nossos alunos no ENEM.
 
A estratégia está dividida em dois momentos. O primeiro foi garantir que os formandos do Ensino Médio estivessem inscritos (O período para fazer isso encerrou-se em maio). O segundo está sendo feito ao longo de todo o segundo semestre e tem a finalidade de motivá-los a realizarem a prova com empenho para que obtenham bons resultados
 
Confira algumas boas razões para levar a avaliação a sério e fazer a prova pra valer: 
 
1. Ingresso nas Universidades Federais – SISU
Mais de 50 Universidades Federais em todo o país aderiram ao SISU (Sistema de Seleção Unificada). O aluno se inscreve no SISU e, conforme sua pontuação, pode escolher vaga em qualquer das universidades federais participantes. Esse processo evita que o aluno precise prestar vários vestibulares para concorrer a vagas em universidades federais diferentes (que aderiram ao Sistema).
 
2. Vestibulares de universidades públicas e privadas
Para muitas universidades, o Enem ainda não é etapa única de seleção, mas é ingrediente importante do processo de escolha de alunos. Há Universidades Federais que não aderiram ao SISU mas utilizam o ENEM em parte de seu processo seletivo, há universidades estaduais que acrescentam a nota do ENEM em seus próprios processos seletivos. E há cerca de 500 Universidades e Faculdades privadas que utilizam o ENEM como a forma de ingresso para suas vagas.
 
3. Estudar em renomadas instituições do Exterior com despesas pagas pelo governo Brasileiro
O Programa Ciência sem Fronteiras pretende conceder 101 mil bolsas de graduação e pós graduação no exterior para estudantes brasileiros. Além de ter os estudos custeados, o estudante recebe recursos para se manter no exterior, no período de vigência da Bolsa. Um dos critérios observados para seleção dos candidatos é a nota do ENEM.
 
4. Critério de seleção para futuros empregos privados e públicos
No setor privado, muitos empregadores que consideram um bom nível de cultura geral e boa capacidade de comunicação escrita (através de redações) têm utilizado a nota do ENEM (em conhecimentos gerais e em redação) como parâmetro de avaliação. Cogita-se a utilização das notas do ENEM como critério para seleção em vagas públicas, substituindo ou compondo notas com os chamados concursos públicos.
 
5. Critério de ocupação de vagas remanescentes em Universidades Públicas (Federais e Estaduais)
Todos os anos estas universidades aceitam transferência de alunos de outras universidades (públicas e privadas) para ocuparem vagas remanescentes de abandonos ou não preenchimento de cursos. Um dos critérios adotados para a seleção dos transferidos é a nota do ENEM.
 
6. A melhor chance de se sair bem em um exame do ENEM é no 3º ano do EM
Embora o aluno possa prestar vários ENEMs, ao final do 3º ano ele está melhor preparado em todas as áreas do conhecimento porque vivencia um curso em que todas as disciplinas são valorizadas. Prestar o ENEM mais tarde, implica ter se distanciado de várias matérias e conhecimentos cobrados no exame, com menores chances de sucesso.
 
Fonte: Sistema Anglo de Ensino 


Postado em 17/09/2013


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé