Análise: A auto-estima e o vestibular
por Leonard Verea*
 
Ansiedade. Acredito que essa palavra resume tudo que um vestibulando sente quando está se preparando para o grande dia do vestibular. Escolher a profissão já é uma decisão difícil para muitos, uma vez que são muitas opções e a escolha é uma só. Imagine isso aliado ao medo de ter feito a escolha errada e ao medo de não passar na opção escolhida.
 
Essa insegurança muitas vezes está mais ligada à cobrança da sociedade do que à sua própria cobrança, porque um vestibulando tem que dar explicações para os pais, amigos, vizinhos, professores, enfim, todos que estão acompanhando o seu momento de escolha profissional. Lógico que todos torcem para você vencer, mas só você sabe realmente o empenho e os dias de sono que foram empregados neste sonho. Por isso, só você pode avaliar se foi justo ou não o resultado.
 
O nosso grande problema é que passamos 90% da nossa vida vivendo mal, porque estamos no passado ou porque estamos no futuro. Vou ser feliz quando tiver mais dinheiro... quando tiver um carro mais bonito... ou se passar no vestibular este ano. Está errado. A nossa felicidade está intimamente ligada à nossa auto-estima que começa agora, neste momento, e não quando tiver ou conseguir ser alguma coisa.
 
É agora e neste instante que você deve ser feliz. Por que a gente não começa a pensar neste instante como se fosse o último? Como disse Renato Russo, "... é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã...". É assim que temos que viver. E se lá na frente às coisas não saírem como você planejou, levante a cabeça e comece de novo, se for do seu interesse.
 
Não adianta tentar mudar as coisas que não podem ser mudadas. Empenhe o seu esforço no dia de hoje e faça bem feito. Então, estude com empenho, dedique-se, mas acima de tudo, faça isso com prazer, essa é a fórmula mágica que nos ajuda a alcançar o bem desejado. Mas não esqueça, não tire o foco do HOJE.
 
Se o resultado não for o que você pretendia, não se preocupe com o julgamento dos outros. Viva a sua vida. Você não está em um palco. Nós temos que aprender a ser aquilo que somos.
 
Portanto, você vestibulando, levante a cabeça, encare o seu desafio de frente e não espere "louros", porque assim, se eles não vierem, a decepção será menor. Mas se eles vierem, parabéns, porque você soube trabalhar o seu HOJE para chegar bem ao amanhã.
 
Boa sorte!
 
*Leonard Verea é psiquiatra e médico especialista em doenças psicossomáticas. 
 


Postado em 17/10/2013


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé