Vida sustentável: como ser uma família mais verde
Listamos 8 dicas para você colocar em prática todos os dias aí na sua casa
 
Por Isis Coelho
 
Por uma alimentação mais natural
Embora sejam um pouco mais caros que os convencionais, os alimentos orgânicos – cultivados sem agrotóxicos ou fertilizantes – são mais saborosos e não colocam a saúde da família em risco. Além disso, ingredientes orgânicos tendem a ter maiores níveis de vitaminas, como os tomates.
 
Dê preferência a brinquedos verdes
Um brinquedo pode ser chamado de sustentável de duas maneiras: pela sua manufatura, ou seja, do que e como ele é feito; ou pela proposta na hora de brincar. Na primeira classificação, você sempre pode optar por produtos que são gerados a partir de, por exemplo, madeira reflorestada ou algodão orgânico. Mas conta também saber a respeito de sua embalagem e transporte, por exemplo. Já na forma de brincar, os artesanais agridem menos o ambiente dos que usam pilhas. Se essa for a opção naquele momento, utilize pilhas recarregáveis ou procure um posto de coleta para descartar as que deixaram de funcionar.
 
Deixe seu carro na garagem
Um carro emite cerca de cinco toneladas de dióxido de carbono na atmosfera por ano. Utilize transporte público sempre que puder ou adote a carona como meio de se locomover. Você pode se revezar com vizinhos ou pais de amigos dos seus filhos para o colégio e outros locais.
 
Faça passeios sustentáveis
Coloque a família em contato com a natureza em passeios a parques ou praias, mostrando, por exemplo, a variedade de plantas e animais do local, e orientando não deixar por lá nenhum tipo de lixo produzido durante o passeio. Nas compras, especialmente durante as viagens, prefira objetos de artesanato local.
 
Planeje suas compras
Sempre que tiver de abastecer sua casa com alimentos, prefira fazer pequenas compras em supermercados locais e feiras livres semanalmente. E nunca vá para eles sem uma lista!
 
Separe o lixo sempre
Você já sabe o lugar de plástico, papel, vidro e alumínio. Mas o que fazer com as embalagens sujas, já que é importante que elas sigam para a reciclagem limpas? Uma dica é reutilizar a água da máquina de lavar roupas. Porém, embalagens de papel ou papelão com resíduos alimentares (como caixas de pizza) não podem ser recicladas e são consideradas como orgânicas. Se seu bairro não possui coleta seletiva de lixo, procure postos de coleta ou cooperativas que reciclam todos esses materiais.
 
Adote um bicho
Em vez de comprar um filhote caro, adote um animalzinho. Procure um centro de zoonose na sua cidade e se cadastre. O processo de adoção é gratuito e os animais normalmente já vêm examinados, vacinados e castrados.
 
Economize recursos naturais
Além de banhos rápidos ou escovar os dentes com a torneira fechada, é preciso ainda tomar outras providências, como adotar lâmpadas fluorescentes compactas (que utilizam cerca de 80% a menos de energia do que as convencionais) ou desligar os aparelhos elétricos pelo botão liga/desliga (o modo stand-by chega a responder por 25% do consumo desses equipamentos).
 
Fontes: Guilherme Dias, coordenador do Parque das Neblinas do Instituto Ecofuturo; Christine Fontenelles, diretora de educação e cultura do Instituto Ecofuturo e Estanislau Maria, coordenador de comunicação da Akatu.
 
Fonte: Revista Crescer 


Postado em 27/10/2013


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé