Meio ambiente - Como é feita a reciclagem de pilhas e baterias?
Processo de reciclagem demora até dois meses; Brasil recicla apenas 1%
 
 
por Luiza Wolf
 
Os metais que compõem essas cápsulas de energia são moídos, neutralizados e aquecidos para reúso. No Brasil, são vendidos, em média, 400 milhões de baterias e mais de 1 bilhão de pilhas por mês. Infelizmente, apenas 1% é reciclado - em parte, por causa do alto custo do processo: R$ 990 por tonelada (a reciclagem de papel custa R$ 420 a tonelada). "O que falta no Brasil são mais postos de recolhimento do material, além da educação das pessoas, que precisam se acostumar a não jogar pilhas e baterias fora", afirma Fatima Santos, diretora comercial da Suzaquim, empresa que faz esse tipo de reciclagem. O processo é importante para evitar que metais poluentes sejam descartados no meio ambiente.
 
Descarregando as baterias
 
1. Pilhas e baterias são separadas por composição. Baterias de carro vão para um lado e de celulares para outro. As pilhas domésticas são abertas para separar a cobertura plástica do miolo metálico. O plástico que envolve as pilhas vai para reciclagem especializada
 
2. O metal passa por uma máquina de trituração. As partículas resultantes seguem para um reator químico, onde são dissolvidas e neutralizadas, ou seja, deixam de reagir e serem tóxicas para o meio ambiente
 
3. A pasta segue para um filtro prensa, que separa a parte líquida - esta segue para uma estação de tratamento - da sólida. O material passa, então, por um teste químico, que revela o metal mais abundante na composição - esse processo define a cor do produto final
 
4. A mistura vai a um forno, aquecido a mais de 1.300 Cº. O resultado é um óxido metálico em pó, neutralizado e inofensivo, vendido como corante para a fabricação de cerâmicas, vidros, pisos e azulejos
 
Consultoria Fatima Santos, diretora comercial da Suzaquim Indústrias Químicas, e Tibor Raboczkay, do Instituto de Química da USP
 


Postado em 11/11/2013


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé