Férias: que tal usar este período para investir nas habilidades que você precisa desenvolver?
Por Giuliano Bortoluci*
 
Com a chegada das férias, os jovens ficam entusiasmados com o período de descanso e lazer que vão vivenciar no mês sem aulas. Planejam viagens, combinam de sair, dormem bastante, mas não param para pensar que talvez seja a hora de começar a focar um pouco mais na carreira profissional.
 
Para esse período do ano, algumas instituições de ensino preparam cursos especiais de curta duração que auxiliam os futuros profissionais no desenvolvimento de atividades específicas. Tais estudos, de preferência relacionados à área em que o aluno deseja atuar, acrescentam experiências para o currículo e para vida profissional. 
 
Trata-se de uma decisão que pode fazer toda diferença no currículo e na carreira, já que aproveitar as férias para buscar um diferencial pode chamar a atenção e favorecer um interesse da empresa por você e não pelo outro candidato. Outro ponto importante que ajuda a criar coragem para estudar nas férias é saber que em agosto muitas empresas abrem processos seletivos para estagiários. Por isso, seguem algumas dicas para ser mais competitivo no mercado de trabalho, independente da área que irá seguir:
 
Aperfeiçoe seus conhecimentos em línguas estrangeiras: O mundo está cada vez mais interligado e unificado. Em multinacionais, por sua vez, que estão mais presentes no cenário nacional, a cobrança de conhecimento em línguas estrangeiras e a fluência nas mesmas deixa de ser um diferencial para ser uma exigência;
 
Aprimore seus conhecimentos em informática: Hoje, o computador é uma das ferramentas mais utilizadas no ambiente de trabalho, seja na organização ou na realização das tarefas. Por isso, é importante saber mexer e trabalhar com o instrumento e seus programas;
 
Participe de cursos que desenvolvam técnicas de expressão verbal e corporal: Saber fazer uma boa apresentação é importantíssimo, principalmente no processo seletivo ou em grandes reuniões. Cursos que desenvolvem a expressão verbal e postura são muito procurados, pois ajudam na autoconfiança, segurança e desenvoltura em situações de tensão;
 
Solte-se em um curso de teatro: Para os tímidos, as aulas de artes cênicas não auxiliam apenas em técnicas de interpretação, mas também no autoconhecimento, desenvolvimento corporal e segurança. Hoje, muitas pessoas fazem cursos de teatro, mesmo sem querer seguir carreira, apenas para desenvolver os sentidos e o autocontrole que o curso proporciona;
 
Divirta-se em grupo: Os esportes coletivos auxiliam no desenvolvimento das relações interpessoais e no espírito de cooperação. São indicados principalmente para os jovens que sentem dificuldade na convivência social ou divisão de tarefas;
 
Participe de projetos sociais: Os jovens que participam de trabalhos voluntários demonstram aos recrutadores iniciativa e o papel de um ser humano transformador, que busca mudar a sociedade. Esse perfil de estagiário interessa muito as empresas por chamar a atenção pela preocupação do jovem que vai mais além do conhecimento técnico e do pensamento corporativo.
 
Giuliano Bortoluci é Diretor de Comunicação do Site Estagiários.com. Fonte: Empregos.com.br


Postado em 03/12/2013


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé