De onde vêm os símbolos da Páscoa?

 

Das diversas origens da Páscoa e seus significados para diferentes civilizações ao longo da história, muitos símbolos foram incorporados e difundidos no Brasil. A Páscoa contém três versões: a cristã (resurreição de Jesus Cristo), a judaica (libertação dos escravos do Egito e encontro da terra prometida) e a celebração da deusa da primavera, quando se exaltava a colheita e a fertilidade. Os símbolos que conhecemos hoje: coelhos, ovos, chocolate e bacalhau vieram dessas culturas.

O bacalhau foi inserido na cultura cristã porque o catolicismo requeria dos fiéis um jejum de carne “quente” em um certo domingo do ano, antecedente ao Domingo de Páscoa. Considerado uma carne frio, o bacalhau era consumido pelos portugueses justamente nessa época. Eles o trouxeram para o Brasil já na época da colonização. Em muitas regiões do país, o bacalhau é uma alternativa para a Sexta-feira Santa, quando não se come carne.

Ostera é a deusa da primavera originária do paganismo, que observa um coelho e segura um ovo na mão. Esses símbolos de fertilidade foram introduzidos na Páscoa porque eram comemorados na mesma época. Para celebração desse tempo de fertilidade, ligado à primavera e à colheita, os pagãos pintavam ovos com símbolos mágicos ou de ouro e os enterravam ou os lançavam em uma fogueira.

Diz a lenda que Ostera gostava de crianças e transformou um pássaro em uma lebre para brincar com as crianças. Porém, a lebre queria voltar à sua forma original, mas Ostera só teria poder novamente na primavera. Quando chegou o tempo, ela transformou a lebre em pássaro novamente que, agradecido, botou alguns ovos. Entretanto, a transformação foi momentânea e, novamente lebre, pintou os ovos e os distribuiu pelo mundo.

Os ovos de chocolate foram introduzidos pelos confeiteiros franceses que decidiram substituir os tradicionais ovos de galinha pintados. E hoje o mundo inteiro se delicia com essa maravilha – principalmente nós, brasileiros.

No português, como em muitas outras línguas, a palavra Páscoa origina-se do hebraico Pessach. Os espanhóis chamam a festa de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.


Postado em 23/03/2012


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé