Lancheira: saiba como montar um lanche saudável para seu filho levar à escola
Planeje-se para os lanches da semana e facilite a vida no meio da correria
 
Por Crescer 
 
O que colocar na lancheira hoje? Todo dia, a dúvida é inevitável, certo? Mas lembre-se de que, mais do que saciar a fome do seu filho no intervalo das aulas na escola, essa refeição também precisa ser saudável e nutritiva, o que não significa que ela deva ser sem graça ou com tantas proibições. “Tudo bem uma cobertura no bolo de cenoura”, diz Silvia Cristina Ramos, nutricionista clínica do Instituto de Metabolismo e Nutrição, de São Paulo. Segundo a especialista, a montagem da lancheira vai depender do horário em que a criança vai à escola e da refeição que fez anteriormente. “Muitas crianças que estudam de manhã, por exemplo, não têm o hábito de comer no café da manhã. Só tomam um leite”, diz. Para essas, o cardápio deve ser mais completo. Um líquido, uma fruta, uma proteína (queijos, por exemplo) e um carboidrato (pães e bolos) devem fazer parte da refeição. Já, se a criança teve um café da manhã completo ou se o lanche for no período da tarde, pode escolher duas das opções.
 
Selecionamos abaixo algumas sugestões de cardápio para facilitar o seu dia a dia. Confira:
 
Bebidas: sucos, podem ser os naturais, desde que colocados em garrafas térmicas, achocolatados e água de coco.
 
Frutas: banana, maçã e pêra.
 
Pães: pão de fôrma comum ou integral, pão sírio, bisnaguinha, pão de leite, torradas e bolos simples, feitos em casa.
 
Recheios: margarina, requeijão, queijos branco ou muçarela (tem menos gordura do que o queijo prato), geleia, peito de peru e presunto magro. Vale lembrar que os frios são muito perecíveis e devem ser consumidos após comprados e em até três dias.
 
Lanche sem restrições
1) 1 iogurte + 1 lanche de pão de fôrma com queijo branco e cenoura ralada +uva itália
2) 1 suco de maracujá (caixinha) + 1 fatia de bolo de cenoura +1 maçã
 
Lanche para a criança com alergia ao glúten
1 suco de morango (caixinha) +1 fatia de bolo de fubá +1 pêssego
 
Lanche para a criança com alergia ao leite
1 bebida à base de soja com sabor + 1 bisnaguinha com geleia de morango + 1 mexerica
 
Lanche para a criança com diabetes
Suco de fruta natural sem adoçar + 1 pão integral com requeijão light +4 morangos
 
Dicas de conservação
Para garantir que a merenda do seu filho fique bem conservada até a hora do recreio, use lancheiras e garrafas térmicas e coloque alguns gelinhos reutilizáveis junto ao lanche. Se possível, deixe a lancheira vazia na geladeira durante a noite. Ela vai absorver a temperatura e manter o gelo e a qualidade dos alimentos por mais tempo. O mesmo vale para a garrafa. Limpe a lancheira diariamente com um pano com água e álcool e lave-a com detergente uma vez por semana.
 
Na hora de escolher os alimentos, lembre-se que os derivados do leite – como iogurtes, queijos e requeijão – são mais sensíveis às mudanças de temperatura e perdem a qualidade facilmente. Com os cuidados adequados, esses alimentos mantêm as características por duas horas. O mesmo tempo vale para os embutidos, como peito de peru e presunto. As melhores frutas são maçã, pêra, banana, pêssego, goiaba, uva e nectarina. As que precisam ser descascadas, como mexerica e manga, perdem um pouco de nutrientes. Antes de embalar, higienize bem a fruta. Aquelas que a criança consome a casca têm de ser lavadas em água corrente e depois colocadas em uma solução clorada (o produto é vendido em supermercados, veja no rótulo da embalagem como proceder). Se a casca for descartada, só lave e seque. Pães, biscoitos, cookies e barrinhas não estragam, assim como queijos processados.
 
Fonte: Daniela Hueb, nutróloga e Silvia Cristina Ramos, nutricionista clínica do Instituto de Metabolismo e Nutrição, de São Paulo


Postado em 23/01/2014


Notre Dame
+ Notícias

atendimento
CENTRAL DE ATENDIMENTO
(13) 3579 1212
Unidade I - Av. Pres. Wilson, 278/288 - Itararé
Unidade II - Rua Pero Corrêa, 526 - Itararé
Unidade III - Cel. Pinto Novaes, 34 - Itararé